Imobiliárias, Do it yourself e revenda: a indústria de tintas no Brasil

Somente no primeiro trimestre do ano, o setor de cimento registrou aumento de 19%, em sua produção, com a venda de 15,3 milhões de toneladas

O mercado de construção civil cresceu nos últimos meses, mostrando um cenário otimista para 2021. Somente no primeiro trimestre do ano, o setor de cimento registrou aumento de 19%, em sua produção, com a venda de 15,3 milhões de toneladas, de acordo com dados da Snic (Sindicato Nacional da Indústria do Cimento). O fortalecimento da construção civil, que começou no ano passado, impulsionou outros setores como a indústria de tintas. O segmento apresentou resultados positivos e de recuperação a partir do segundo semestre de 2020, encerrando o ano com 1,623 bilhões de litros de tintas vendidas, segundo dados da Abrafati (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas).

Outro fator determinante, que ajudou a movimentar o comércio de materiais de construção, foi a explosão do movimento DIY (Do It Yourself) nas redes sociais e o aumento do cuidado com casa durante o isolamento social, causado pela pandemia. As pessoas passaram a ficar mais tempo na residência, o que ocasionou reparos e melhorias no lar.

 O Brasil é um dos cinco maiores mercados de tintas do mundo, e segundo a Abrafati, as tintas imobiliárias correspondem a 83,4% do volume produzido. O setor cresceu 3,5% em 2020/2019, reforçando o potencial do segmento. E todo esse mercado aquecido cria novas oportunidades de negócio, para empreendedores que estão em busca do sonho, de ser dono do seu próprio empreendimento. As lojas de tintas são uma ótima opção de investimento e escolher uma marca já consolidada no mercado é uma grande vantagem.

Empresas como a Sherwin-Williams tem seu próprio modelo de negócios para o segmento, oferecendo a oportunidade de dirigir novos pontos de venda de tintas, com toda a expertise da marca através da Revenda Master. É possível também adaptar uma loja já existente com toda a comunicação e portfólio, sem que seja necessário investir capital. As principais vantagens em apostar nesse formato é a segurança para abrir um negócio totalmente inovador e rentável, com payback de 24 a 36 meses e retorno acima do mercado. Os consumidores também ganham, pois encontram variedade de produtos, atendimento especializado na loja, ações e promoções exclusivas.

Mas, atenção! Mesmo com um momento favorável e alta demanda no comércio de materiais de construção, é preciso prudência e um planejamento sólido. Invista em uma companhia estruturada que dê total apoio para montar a sua loja. Antes de se aventurar no mercado de tintas vale pesquisar o setor, marcas, fabricantes e os custos envolvidos. Essas informações fazem a diferença, ajuda a tomar decisões assertivas e aproveitar o momento sem se preocupar futuramente.

Artigo escrito por Marcos Correia, diretor de vendas-Arquitetura da Sherwin-Williams Brasil