Negativado no Serasa? Saiba como limpar seu nome

Em um cenário de crise, é essencial iniciar o ano com o crédito regularizado para realizar transações financeiras. Veja como fazer isso

O Brasil é um país com alto número inadimplentes: são mais de 62 milhões de negativados no Serasa e outros bureaus de crédito —  quantidade maior que a população de muitos países da América Latina.

Com a chegada da pandemia da Covid-19 e a crise que impacta empregos, deixando os endividados em situação ainda mais complicada, o total de negativados cresceu.

Mas é importante enfrentar o problema já que, com os juros rolando, uma dívida que antes cabia no seu bolso pode virar uma bola de neve. Confira dicas para regularizar sua situação:

1 – Organize-se

Nessa situação, é comum o devedor se desesperar e querer quitar o débito sem o devido preparo. Mas, para não cair em negociações irrealizáveis, é importante ter um planejamento.

Primeiramente, é essencial fazer uma tabela listando todos os seus gastos mensais: cartões de crédito, empréstimo, financiamento, cheque especial, carnês e boletos.

Em seguida,  tenha em vista a forma que será utilizada para levantar o dinheiro necessário para quitar o débito, isto é, criar uma estratégia para juntar e, depois, iniciar o processo de negociação.

2 – Considere imprevistos

O objetivo é sair das dívidas, logo, é preciso saber o quanto poderá pagar. Defina um valor limite para negociar e não assuma um compromisso com o qual não possa arcar.

É importante não pensar apenas no melhor cenário e contar sempre com um “plano B” para cobrir eventuais imprevistos.

3 – Acesse o Serasa Limpa Nome

A plataforma online do Serasa é intuitiva. Ao acessar, digite o seu CPF e clique em “consultar”. Faça seu cadastro clicando em “cadastre-se grátis” e preencha seus dados; ou, se já tiver registro no site, utilize a mesma senha.

Em seguida, Confira as suas dívidas e escolha a melhor opção de negociação para o seu bolso, e siga os passos de negociação.

4 – A negociação

Antes de iniciar a negociação com o credor, considere os argumentos que irá apresentar e apresente todos os documentos que comprovem sua capacidade de pagamento. Faça uma lista de perguntas:

  1. Qual será o desconto sobre a dívida total?
  2. Tenho descontos em pagamento à vista?
  3. Quais são os juros do parcelamento?

Em caso de dúvida, peça para que a proposta de negociação seja feita por escrito. Analise com cuidado e volte com uma contraproposta. Ou, se houver concordância, volte para assinar o contrato de negociação.

Por fim, é só realizar o pagamento do boleto e aguardar a empresa dar baixa na sua dívida para que seu nome volte a ficar limpo.

O prazo que as empresas têm para retirar a dívida do seu CPF regularizar o nome é de 5 dias úteis após o pagamento. Além disso, a empresa também precisa entregar um recibo de que o valor foi quitado.